sábado, 3 de outubro de 2009

Aos olhos que ainda não decifrei.

Depois desta tarde
Todas as vezes que eu olhar para o céu
Lembrarei de seus olhos.
E todas a vezes que eu olhar para o teus olhos
Lembrarei daquele céu.
Não porque são azuis os teus olhos
Mas porque os dois , céus e teus olhos,
Me remetem ao infinito.


Só não decifrei muito bem....
Infinidade de que?

2 comentários:

  1. Não é necessário definir a infinidade.
    A infinidade é só isso;
    um puro e simples 'pra sempre'.

    ResponderExcluir